top of page
Buscar

Solar do Rosário lança livro: Os Ilustres Irmãos Rebouças

Evento será no dia 19 de maio, na sede do espaço cultural, em Curitiba.

Lucia Malucelli e Regina Casillo| Foto: Brasílio Wille

A trajetória e o legado dos dois primeiros engenheiros negros do Brasil, os irmãos Rebouças, é tema de um novo livro que aborda vida, obra e contexto histórico destas jornadas que ajudaram a moldar o país e também o Paraná. Lançado pelo Solar do Rosário, como parte da celebração dos seus 31 anos de atividade, “Os Ilustres Irmãos Rebouças” ganha lançamento nacional no dia 19 de maio, às 17h, na sede do espaço cultural, em Curitiba. O preço da obra é de R$ 60, mas no lançamento será vendido por R$50.


Viabilizado por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura e patrocínio do Grupo Focus, Tremea, Sanepar, Terminal de Contêineres do Paraná e Artely, o livro inaugura a Série Histórica do Solar do Rosário, que já conta com um portfólio com 40 livros de arte editados.


Com 110 páginas divididas em oito capítulos, tem coordenação editorial de Regina Casillo e Lucia Casillo Malucelli, diretoras do Solar, que também assinam o prefácio. O conteúdo é fruto de um trabalho coletivo que contou com pesquisa e produção de textos de Leticia Geraldi Ghesti, Leticia Ruoso Wehmuth e Nadezsda Dolci, fotografia de Brasilio Wille e ainda traz ilustrações e imagens de importantes acervos brasileiros e internacionais.


OS REBOUÇAS

Nascidos na Bahia, os Irmãos Rebouças tiveram papel fundamental no cenário paranaense do século XIX. André e Antônio Rebouças, aquele um ano mais velho, ingressaram juntos no curso de engenharia da Escola Militar, em 1854, e se especializaram na Europa em construção de portos e vias.

Os Ilustres Irmãos Rebouças | Foto: Brasílio Wille

Com obras realizadas no Rio de Janeiro e Santa Catarina, moldaram importantes cenários do recém-formado estado do Paraná. Entre elas, estão a estrada de ferro Curitiba-Paranaguá, a Estrada da Graciosa e o primeiro encanamento de água de Curitiba. Esta última obra tinha como marco o primeiro chafariz público da cidade, responsável por ser uma das principais fontes de água potável na época.


Atualmente o chafariz está localizado na Praça Zacarias. Ele foi inaugurado em 1871 e desativado no início dos anos 20. Em 1989, foi reconstruído com fins decorativos apenas, incorporando parte da estrutura original do século XIX, com suas quatro torneiras.


Os irmãos também tiveram importância na luta abolicionista. André, em especial, escreveu mais de 150 artigos sobre o tema. Antônio faleceu em 1874 (aos 34 anos), e André, em 1898 (aos 60).


A OBRA

Em um rico apanhado histórico, o livro resgata a história da família Rebouças, citando influências do pai Antônio Pereira Rebouças, advogado autodidata que recebeu de Dom Pedro I um título de Cavaleiro da Ordem do Cruzeiro e propôs ampliação de direitos de escravos libertos. Incentivados à educação desde cedo, valorizavam os estudos e aprenderam muito na Europa: Antônio, interessado em estradas de ferro, e André, em obras portuárias.


Assim, conseguiram criar obras tão diversas, separados e especialmente juntos, ajudando no desenvolvimento do Paraná. A estrada de ferro ligando o litoral à Curitiba e o sistema de encanamento foram fundamentais para o fortalecimento econômico e social do estado.

“Este precioso livro sobre os Irmãos Rebouças traz não somente a história deles e de sua família, mas a de um período de dificuldades e desafios para vencer barreiras físicas na engenharia e preconceitos na sociedade”, comenta Lucia Casillo Malucelli.


Regina Casillo complementa: “Na comemoração dos 31 anos de existência do Solar do Rosário, iniciamos com esta obra uma nova série, que chamamos de Série Histórica, no sentido amplo do termo”, conta. “Ao narrar a vida e os feitos dos Rebouças, negros, num Brasil escravocrata, a obra mostra luta inteligente dos irmãos por um país justo e igualitário”.


CONTRAPARTIDAS

Junto com o lançamento oficial do livro, acontecerão dois eventos especiais voltados para os jovens e as crianças. Cerca de 600 alunos da rede pública de ensino assistirão uma palestra no Auditório Regina Casillo, ministrada por uma das pesquisadoras do livro, Leticia Geraldi Ghesti, em maio.


Em junho, haverá ainda contação de história sobre os Irmãos Rebouças no Hospital Pequeno Príncipe, durante 5 dias, com a contadora de histórias Samara Rosa. Ela é especializada com educação e literatura de temáticas negras.


Uma versão da obra em áudio-livro para deficientes visuais está sendo finalizado para distribuição gratuita. Além deste formato, 800 cópias do livro impresso serão doadas para bibliotecas, escolas e entidades históricas e culturais. Uma versão gratuita em PDF estará disponível para ser baixada no site do Solar do Rosário – www.solardorosario.com.br.


Serviço

Lançamento do livro “Os Ilustres Irmãos Rebouças”, no Solar do Rosário

Preço da obra no dia do lançamento: R$ 50. Preço normal: R$ 60.

Data: 19 de maio, sexta-feira

Horário: das 17h às 19h

Endereço: Rua Lourenço Pinto, 500 – 9º andar - Curitiba, PR.

Telefones: (041) 3225-6232 – 98803-4634 – 98803-8089



15 visualizações

Yorumlar


bottom of page