top of page
Buscar

Tony Gordon lança seu álbum de estreia aos 37 anos de carreira

Disco "Black and White" foi composto em parceria com o filho, Will, e já está em todas as plataformas digitais.

Tony Gordon ficou conhecido nacionalmente como vencedor do programa “The Voice”, em 2019. Logo o encaixaram no rótulo de cantor de jazz, mas no restante do texto provarei que ele é na verdade um cantor da noite. E se restar alguma dúvida, você pode tirá-la escutando seu primeiro trabalho autoral em mais de 30 anos de carreira, "Black and White", que está disponível em todas as plataformas digitais.

Para começar, Tony é filho simplesmente de Denise Duran (irmã de Dolores) e Dave Gordon. Dois (ou três) dos mais importantes cantores da noite na história da música brasileira. Não apenas cresceu ouvindo os pais cantarem como optou por não seguir nenhum atalho caseiro, fez exército e arrumou trabalho em oficina mecânica até que a irmã, Izzy (também cantora), o arrancou de lá com ultimato: “Ou você canta ou te mato”.

Escutou qual caçula que é e estreou na noite em 1985, na inauguração da boate “One More Time”. Foi o teste de fogo de Tony, já que na plateia estavam Bobby McFerrin, Sonia Braga e Cauby Peixoto. O último esperou-o descer do palco e decretou que dali em diante seria seu padrinho musical.

Foram 34 anos cantando na noite até chegar ao “The Voice”. Uma escola que incluiu por vezes seis ou sete apresentações no mesmo turno noturno, cada qual com um conjunto diferente.

“Não tinha ensaio, passagem de som, nada. As casas tinham seus próprios trios ou quartetos, que pegavam repertório e o cantor se desdobrava com tonalidades, compassos diferentes e característicos. Isso me trouxe uma bagagem que nada mais traria”, diz Tony.

E é justamente essa bagagem, versatilidade e assinatura familiar que está depositada em “Black and White”. O disco foi composto em parceria com o filho, Will, e produzido por este. “Ele é um gênio. Nós fomos e gravamos em diferentes estúdios para extrair o máximo da sonoridade que cada música pedia.”

Portanto, “Black and White” é um trabalho que pede atenção redobrada e audições múltiplas, dada a riqueza depositada em cada uma das oito canções. “Mesmo eu que compus, gravei, já ouvi umas 300 vezes e não há uma em que não percebo algo novo”, diz.

Tony canta no disco com a naturalidade de quem está se apresentando em casa noturna. Foi assim também que venceu o “The Voice” e é assim que projeta os próximos trabalhos, já que pegou gosto pela coisa.

“´Black and White’ ficou exatamente do jeito que queria, com a minha cara. O projeto todo é lindo. Que venham outros”, promete.

Ouça aqui ‘Black and White’ na sua plataforma preferida.


Mais sobre Tony Gordon


TonyGordon nasceu em 1965, filho dos cantores Denise Duran e Dave Gordon (natural da Guiana). É irmão da também cantora Izzy Gordon e artista profissional desde 1985. Já se apresentou no Caribe, França, Japão, Estados Unidos e Argentina. Sua música e seu cantar já foram elogiados por artistas como Al Jarreau e produtores como Quincy Jones. A banda que o acompanha é formada por Will Gordon (baixo), André Freitas (piano), Erik Escobar (piano) e Miguel Assis (bateria).


Informações: Ana d'Arce

553 visualizações

Comments


bottom of page