top of page
Buscar

Victor Xamã, de Manaus, se une à Banda Notívagos e O Lulo, de Curitiba, para novo single

Nessa conexão entre o Norte e o Sul do Brasil, bandas se unem para lançar "Vitória".

Notívagos, Lulo & V.Xamã

Mais de 2700 km separam Curitiba de Manaus. As duas capitais se diferem em muitos aspectos, seja no clima ou em seus costumes e tradições. Mas algo foi capaz de conectá-las, pelo menos, de alguma forma: a arte e a música.


Essa conexão está criada e materializada na canção “Vitória”, uma colaboração entre a banda multi instrumental Notívagos e o mc O Lulo, ambos de Curitiba, com o rapper manauara Victor Xamã. O single, lançado nesta sexta (26/11), também vem acompanhado de um videoclipe gravado no imponente Teatro Guaíra, um dos teatros mais conhecidos do Paraná e do Brasil.


Com versos de Victor, Lulo e Caco, vocalista da Notívagos, “Vitória” busca passar a mensagem que o próprio título da música traz, vencer na vida. Vencer seguindo seus ideais, propósitos e sonhos, mas sem deixar os seus iguais para trás e nem esquecer de apreciar a vida como ela é, mesmo com seus desafios.

“De que vale a vitória, se eu não puder viver? // Só olhar pro céu e sorrir, me lembrar de agradecer // Eu pulei, eu chorei, eu senti, eu ouvi quando tive que aprender”, cantam os artistas.

Um dos diferenciais do single é a musicalidade plural que a Banda Notívagos e seus integrantes trouxeram para o projeto. A banda é conhecida por mesclar diversos estilos musicais em suas produções, como rap, reggae, ska, rock, samba, entre outros. E isso é mais que perceptível neste lançamento, uma canção energética e estimulante, tanto nos versos quanto no ritmo.


Além dos 3 vocalistas, o projeto também conta com 4 backing vocals e 10 instrumentistas, que tocam desde guitarra, baixo, bateria e teclado a percussão, sax, trompete e trombone.


Assista:


O videoclipe do single, idealizado e produzido pela produtora cultural e audiovisual Pangea Narrativas Ilimitadas, foi gravado no Teatro Guaíra, um local com 52 anos e de grande importância na história de Curitiba.


Captado em um dos palcos do teatro, a ideia por trás disso foi para passar a sensação de ter uma orquestra acompanhando os vocalistas e causar um impacto com as cadeiras do teatro vazias, remetendo ao fato de ainda estarmos na pandemia da COVID-19 e não poder ter um público para admirar a obra sonora.


Informações: Pedro Kovalik



3 visualizações

Comments


bottom of page