Buscar

Ciao Amore Ciao retrata a vida de Luigi Tenco


O ídolo italiano da década de 1960, Luigi Tenco, teve uma vida intensa e apaixonada. Autor de sucessos como 'Ciao Amore Ciao', o artista contestador dos costumes da época era considerado vanguardista pelos ideais sociais e políticos. Seu suicídio, aos 28 anos, após ser desclassificado no Festival de Sanremo, em 1967, até hoje é contestado. Porém, seu timbre, interpretação e carisma deixaram suas marcas e despertou o interesse do ator e cantor Antonio Interlandi, que produziu um espetáculo musical com estreia no Brasil marcada para este fim de semana em Curitiba.

"Fiquei fascinado por aquele personagem que até então desconhecia", revela Interlandi, que ouviu pela primeira vez uma canção de Luigi Tenco em 2005 durante um trabalho na França. Após inúmeras pesquisas e viagens, ele conheceu o pianista Mathieu El Fassi, que também mergulhou nesta aventura de arranjos, escolhas e opiniões.

“O interesse por Tenco foi mútuo. Ele mantinha uma relação próxima com a música clássica e usamos esta fusão em boa parte dos arranjos. Algumas canções de Chico Buarque, compositor com perfil que muito se aproxima de Tenco, encontraram lugar neste trabalho, acompanhando como imagem refletida no espelho o universo do cantor italiano”, afirma Fassi. No show eles revelam a intimidade deste artista singular, que teve como marcas a melancolia, o engajamento político, muitos amores e o humor insolente. “Não se trata de uma reconstrução nostálgica dos doces anos da balada italiana, mas do diálogo entre o ator-cantor-dançarino, o pianista e Luigi Tenco, ícone italiano trazido à vida neste espetáculo de maneira vibrante, no qual toda uma vida desfila aos nossos olhos”, diz Interlandi, que foi o protagonista da peça “Peines de Coeur”, de Alfredo Arias, vencedora do Prêmio Molière de melhor espetáculo musical francês. Ciao Amore Ciao é o segundo espetáculo escrito e criado por ele e teve as colaborações de Nita Klein e Jean Gillibert, Malavika durante a elaboração em Paris, no Théâtre du Petit Saint Martin. A estreia nacional é nesta sexta, dia 21 de agosto (21h), no Guairinha, com apresentações também marcadas para sábado (21h) e domingo (18h).

Os ingressos custam R$ 26,00


11 visualizações