Buscar

A retomada dos ensaios no Barvinok

Grupo folclórico que preserva cultura ucraniana no Paraná retomou atividades em fevereiro.

O ano de 2020 foi muito desafiador para o mundo inteiro. Para o setor cultural então, nem se fala! Os grupos folclóricos que integram a Associação Interétnica do Paraná e que realizam anualmente o Festival Folclórico de Etnias no palco do Teatro Guaíra, precisaram se reinventar. Como não puderam se apresentar "presencialmente" e, devido ao impedimento até mesmo de realizar os ensaios, os mais de 2 mil folcloristas se organizaram rapidamente para que o evento acontecesse em modo virtual. E deu certo! Foi um grande sucesso...


No entanto, com o passar do tempo, o medo da pandemia deu lugar a maneiras criativas de, ao menos, permitir que os grupos retomassem os ensaios. Um deles é o Folclore Ucraniano Barvinok da Sociedade Ucraniana do Brasil, que começou a organizar nesse mês de fevereiro turmas menores, com no máximo 20 integrantes, para ensaiar em horários pré-determinados, respeitando as normas sanitárias impostas pela Secretaria Municipal de Saúde de Curitiba. Menos pessoas nos ensaios e todos fazendo uso de máscaras.


Solange Maria Melnyk Oresten, Diretora do Departamento do Folclore Ucraniano Barvinok, informou que o grupo está seguindo à risca todos os cuidados.

O protocolo de segurança inclui medição de temperatura, limpeza e desinfecção de calçados, janelas abertas, higienização constante das mãos com álcool em gel, uso individual de toalhas e até a limpeza do local do ensaio em intervalos de 15 em 15 minutos.


Ainda não é possível saber como será o formato do Festival organizado pela Aintepar em 2021, momento em que o evento completa 60 anos. Mas tudo indica que será algo muito especial! Vamos aguardar...


Ensaios para relembrar

Em 2019, dias antes da apresentação que faria no 58º Festival Folclórico de Etnias do Paraná, o Barvinok convidou a Toca Cultural para acompanhar um dos últimos ensaios do grupo.


Assista:

Ao todo, mais de 150 integrantes compõem o canto coral, a orquestra e as danças folclóricas. E, na época, ainda era possível ensaiar com todo mundo junto! Os saltos acrobáticos, a velocidade dos movimentos e a alegria no sorriso de cada participante, são características marcantes das apresentações do Barvinok.


Fizemos esse pequeno registro em vídeo, enquanto fotografávamos o ensaio. E revendo nossos arquivos, nesse período em que não podemos organizar festas e aglomerações, deu saudade de rever toda galera do grupo reunida. Por isso estamos compartilhando aqui um pouquinho desse sentimento de alegria e nostalgia com vocês.


Estamos na torcida para que tudo isso passe logo e que possamos novamente nos reunir para confraternizar nossa cultura presencialmente com todos os grupos participantes.


Um abraço, Lana e Paulo, da Toca Cultural.


*** Se você gostou do vídeo, curta, comente e compartilhe... Inscreva-se no canal e ative as notificações para ficar por dentro dos nossos próximos vídeos.

251 visualizações