Buscar

Exposição sobre o Theatro São João é aberta ao público na Lapa

A mostra traz memórias dos paranaenses e aproximam a comunidade com local, que é um bem cultural tombado pelo Iphan.

Theatro São João da Lapa (PR) | Crédito: coleção Guilherme Glück - Acervo-MIS

O tradicional Theatro São João, localizado na Lapa (PR), é o tema central da exposição Quo Vadis – Theatro São João, que está aberta para visitação no Museu Casa Coronel Joaquim Lacerda, no Centro Histórico. Construído entre os anos de 1873 e 1876, o teatro possui tombamento nas esferas federal e estadual, além de estar inserido no conjunto urbano do Centro Histórico da Lapa, tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), em 1998.


O Iphan-PR e a equipe do Museu Casa Lacerda, em parceria com servidores municipais, desenvolveram a exposição com o intuito de contribuir para uma reaproximação da comunidade com esta edificação que é Patrimônio Cultural. A expectativa é de que, em breve, ela possa ser novamente apropriada e usufruída pelo público em geral.

“Este é um projeto que busca a sensibilização de cidadãos e autoridades para a importância da preservação e valorização do Patrimônio Cultural brasileiro, especialmente do Teatro São João, e também do Museu Casa Lacerda. Além disso, a ação fortalece a parceria entre Iphan-PR e Prefeitura da Lapa na gestão compartilhada desse patrimônio”, explicou Rosina Parchen, superintendente do Iphan-PR.

O evento de inauguração da mostra contará com a presença de representantes do Iphan-PR e da Prefeitura da Lapa.


Memória


O Theatro São João da Lapa possui uma trajetória diferenciada. Embora tenha sido construído para receber espetáculos cênicos, durante o Cerco da Lapa, o espaço serviu de enfermaria para acolher soldados legalistas feridos em combate. O Cerco da Lapa foi um episódio militar que ocorreu durante a Revolução Federalista no início de 1894, quando a cidade de Lapa se tornou arena de um confronto entre as tropas republicanas e federalistas.

Durante a primeira metade do século XX, a edificação abrigou exposições agrícolas, leilões beneficentes e o Cine Elite (antigo cinema da cidade), até que, em 1951, foi cedida à Cúria local para funcionamento da Rádio Legendária, cessão que perdurou por mais de duas décadas. Somente entre os anos de 1975 e 1976 é que a edificação foi restaurada e, então, retomada a sua vocação original, passando a receber apresentações de companhias teatrais. Em 2019, o palco do teatro voltou a ficar sem uso, desta vez por motivos de segurança e conservação da estrutura do prédio como um todo.



A Prefeitura Municipal da Lapa assumiu, então, a iniciativa da contratação de um novo projeto de restauro da edificação, que, atualmente, encontra-se em desenvolvimento, com a supervisão da equipe de arquitetura do Iphan-PR.

Informações: Assessoria de comunicação / Iphan


7 visualizações

Posts recentes

Ver tudo