Buscar

Novo livro de escritor paranaense desafia a capacidade de dedução do leitor

Max Moreno está lançando “As paredes eram brancas”.|


Este é o segundo livro do escritor paranaense Max Moreno e conta uma dessas histórias imprevisíveis, que surpreendem o leitor a todo instante. Uma trama bem elaborada, cheia de tensão e reviravoltas é o que o leitor vai encontrar nas duzentas e cinquenta e cinco páginas deste suspense policial ambientado em cidades do Paraná e interior de São Paulo.